Vamos viver sem aprisionamentos!?

Dia desses passamos um final de semana em um lugar grandioso, exuberante, silencioso e incrível.

Eva ficou tão empolgada, que gritava pra tudo, se comunicava gritando, e ela é uma pessoa que fala em um tom bem baixo, muito diferente da mamãe.

E estava numa euforia porque iríamos dormir em uma barraca, porque tinham ovelhas, patos, casa na árvore e uma floresta enorme!


Eu e Leo pedimos muitas vezes pra ela baixar a voz, pois o lugar era incrivelmente silencioso. Porém depois refleti sobre nossos pedidos e imaginei como seria se nós, adultos, pudéssemos expressar tanta euforia nas nossas descobertas?


Com certeza seríamos menos ansiosos, angustiados e irritados por vezes.


Abafar essa sensação deve causar uma sensação de aprisionamento e até sufocamento talvez.


Aprisionamento do grito, das sensações, do se expressar, que no caso da Eva, estava sendo no tom de voz, que ela estava expressando alegria, felicidade, encantamento, realização.


Sufocamento dos sentimentos, deixando tudo apertado e misturado dentro do peito, que em nós adultos, às vezes parece que vai explodir, com tantas sensações juntas, uma em cima da outra, enroladas, amassadas, torcidas, socadas, bem como uma gaveta de roupas desarrumada.


E quando ela dormiu, ficamos gargalhando ao lembrar de todas as reações dela! Foram tão puras e lindas!


Vamos viver sem aprisionamentos e sufocamentos!?


Nós, adultos, podemos usar diversas técnicas para liberar sensações e sentimentos, que ficam embolados dentro da gente! No próximo post compartilharei algumas delas!


E deixemos mais as crianças livres para se expressar, para liberar sentimentos, para desarrumar e arrumar gavetas!


E nos inspiremos nelas!


PS: isso também é um lembrete pra mim mesma!


#educaçãoconsciente #parentalidadepositiva #empoderarascrianças #maternidadereal #maternidade #simplelife #sentimentos #vivercomconsciência #viverconsciente

©2019 by janablanco. Proudly created with Wix.com