©2019 by janablanco. Proudly created with Wix.com

Educação consciente


Os modelos de criação que tivemos nem sempre foram o ideal, mas é o que temos como referência, mesmo não querendo repetir algumas atitudes, acabamos reproduzindo padrões tanto das nossas referências(pais, mães ou cuidadores/criadores) como da sociedade.

Talvez por acharmos que é assim que deve ser, talvez por pensarmos que assim é mais fácil ou mesmo por comodidade de estudar e buscar novas “ferramentas”.

"Um novo olhar para as relações parentais, onde o respeito, o diálogo, o vínculo e a não violência são a base do pensamento"- Lua Barros.


Essa nova geração simplesmente não aceita mais certos argumentos e atitudes e quer saber!? Estão certíssimos!

Precisamos olhar para os bebês, crianças e adolescentes com mais respeito, com gentileza, com compaixão e com MUITO amor!


Não é nada fácil “dar voz” aos pequenos e admitir erros nossos, mas é lindo, é humano e é libertador!

Você, junto com seu companheiro/a ou sozinha/o mesmo, criar as suas “regras”, os seus padrões e a sua maneira de criar e educar!

Refazer modelos e ser mais consciente nas escolhas.


Saber que a hierarquia existe sim, mas não fazer dela um caminho longo e de difícil acesso. E sim fazer com que ela seja acolhedora e amorosa, criando assim vínculos afetivos eternos e sensíveis!


Derramar menos expectativas e respirar mais paciência.


Paciência com o aprendizado e com desenvolvimento de pequenos seres.

Exigir menos entendimentos e maturidade de bebês, crianças ou adolescentes que são "um livro em digitação” ainda, com muitas páginas em branco a serem preenchidas.

Você vai se surpreender com esses seres novinhos, cheio de pureza e curiosidade pra desbravar esse mundo!

Ter novas atitudes com eles, usar novas palavras, lançar novos olhares, usar novos gestos, sentir diferentes emoções e observar em silêncio e de maneira muito atenta as respostas que eles dão!

Muitas vezes é tão lindo, que eu choro de emoção, outras vezes é desesperador, que posso chorar de raiva, mas sempre tem que ser com respeito e amor!


Dar importância para o que os pequenos tem a nos transmitir é transformador e enriquecedor! Você vai aprender absurdamente! Eu garanto!


E por último e MUITO importante, mas muito importante mesmo, é você se dar importância também.

Se ouvir, se cuidar, reconhecer as suas emoções e as suas necessidades. Pois para cuidarmos e trilharmos um novo caminho, cheio de desafios, precisamos primeiro cuidar da gente!


Permita-se ouvir, observar, acariciar, aprender, perceber, sentir e silenciar!


Lua Barros tem um curso online sobre Parentalidade positiva: clique aqui!


Fotos @nathaliacostanzo


#parentalidadepositiva #maternidade #maternidaderal #padrões #refazerpadrões #educaçãopositiva #estudarprasermãe #tigaforadotapetinho #viverconsciente #vivercomconsciência